sexta-feira, 2 de março de 2012

Animais são apreendidos em sitio no Rio de Janeiro

A Polícia Federal apreendeu cerca de 17 animais com sinais de maus tratos no sítio do bicheiro Rogério Andrade em Araras, Petrópolis, região serrana do Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (1º).

O local foi encontrado, segundo Fábio Scliar, chefe da operação nomeada de Bichos do Bicho, após uma denúncia anônima, que envolveu uma investigação de cerca de um mês. "No local encontramos um papagaio, além de alpacas, lhamas, cervos, avestruzes e emus –espécie australiana", aponta.
Nenhum dos animais tinha documentação e todos eles aparentavam sinais de maus-tratos. "Um dos avestruzes encontrados tinha um corte de aproximadamente 70 cm no pescoço. Tentamos socorrê-lo, mas ele não resistiu", conta Scliar.
As evidências de maus-tratos também foram comprovadas nas instalações do mini-zoológico particular. "Os locais são cercados com arrame farpado e sem o mínimo de cuidado com a segurança dos animais", diz o responsável pela operação.
O proprietário do local pode responder por quatro crimes. "Vai responder por manter animais silvestres em cativeiro, por introduzir animais em território nacional, por maus-tratos e por porte ilegal de serra elétrica –outro item duvidoso encontrado no sítio", relata Scliar. Andrade não foi encontrado no local.
Todos os animais continuam na área sob a responsabilidade dos caseiros e a supervisão de veterinários. "Com o calor do Rio de Janeiro, é arriscado fazer o transporte desses animais. Mas, assim que possível, eles serão transferidos para lugares mais adequados a eles", finalizou.

Vejam as imagens, de alguns dos animais apreendidos:
                                                                                      







Como é possível observar, os animais estavam bem estressados, e feridos. Nas fotos os agentes tentam conter a fúria de alguns deles.

Matéria: Uol notícias
Fotos: Pablo Jacob

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos podem comentar, não é necessário cadastro!